Alimente seu coração e livre-se das doenças cardíacas


Alimentos que reduzem os riscos de doenças do coração
Comer alimentos saudáveis ao ​​coração, pode desempenhar um papel significativo na prevenção de doenças cardíacas. Uma boa nutrição do coração consiste em seguir uma dieta balanceada com todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do nosso orgão vital mais precioso.

Há uma série de fatores que contribuem para as doenças cardiovasculares.
LDL colesterol, triglicerídeos e homocisteína estão no topo da lista.
No entanto, uma pesquisa recente identificou a “inflamação” como sendo o culpado chave. A boa notícia é que as escolhas alimentares saudáveis ​​pode reduzir o colesterol e a inflamação e doenças cardíacas.

Dr. Richard M. Fleming, cardiologista americano, identificou em seu livro “Programa Coração Saudável”, fatores de riscos que causam reações inflamatórias ao coração. Em seu programa, esses fatores são restauradas através de uma combinação de uma dieta saudável, que inclui alimentação, exercício e suplementação.

O que faz mal ao coração?

Colesterol
HDL é o “bom colesterol” e te protege das doenças cardíacas, porém o LDL “mal colesterol” é o primeiro gatilho para a reação imune que pode conduzir a um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral, por isso é necessário manter o LDL em níveis normais. Um nível de colesterol total ideal é 150mg/dL. A maneira de conseguir isso é reduzir a gordura saturada em sua dieta, como carne vermelha, laticínios, ovos e óleos de côco e de palma.

Tabagismo
Também eleva os níveis de LDL e criam placas que entopem as artérias.

Triglicerídeos
São glóbulos de gordura no sangue que se elevam com o consumo excessivo de gorduras saturadas, alimentos processados ​​e açúcares. As pessoas que estão acima do peso têm frequentemente níveis elevados de triglicerídeos, e estão em maior risco de desenvolver diabetes tipo 2, o que aumenta o risco de doença cardíaca.

Excesso de peso
Os mesmos alimentos que causam inflamação (saturados, processados, açúcar e alimentos ricos em gordura, etc), também causam ganho de peso.
A fim de manter o coração saudável, você tem que manter um peso ideal .

Homocisteína
Este é um aminoácido que se torna elevado no sangue com o excesso de consumo de produtos de origem animal, como carne vermelha, podendo ocasionar uma reação inflamatória que pode levar à formação de coágulos sanguíneos e ataques cardíacos. A suplementação com vitaminas B6 e B12 e ácido fólico pode reduzir os níveis de homocisteína no sangue.

O que faz bem ao coração?

Alimentos saudáveis

Reduzem o LDL e triglicerídeos. São alimentos ricos em fibras , como cereais integrais (por exemplo, arroz integral, aveia, cevada, pão integral). Os alimentos que são ricos em antioxidantes também promovem um coração saudável. Hortaliças, frutas e chá verde são ótimos para o coração. Suplementos, como vitamina C e vitamina E também são recomendados.

Antioxidantes
A quebra das células pela oxidação durante o processo de envelhecimento normal libera radicais livres e contribui para a inflamação e muitas outras doenças. Os antioxidantes atuam como “varredores de radicais livres” e combatem esse processo, reduzindo o risco da doença.

Vegetais e frutas são uma boa fonte de antioxidantes. Cereais, feijão, temperos saudáveis ​​e chá verde, além de suplementos , tais como extrato de semente de uva são antioxidantes poderosos, bem como as vitaminas A, C e E, selênio e carotenóides, como betacaroteno.

Fatores de Crescimento
Os fatores de crescimento são um conjunto de substâncias, a maioria de natureza protéica que, juntamente com os hormônios e os neurotransmissores, desempenham uma importante função na comunicação intercelular.

Proteínas

Estas substâncias promovem o crescimento celular, estimulam a regeneração do coração e melhoram as funções cardíacas e sua escassez também pode provocar inflamação. Alimentos como carne vermelha, laticínios, aves, ovos aumentam os níveis de fator de crescimento e uma dieta baseada apenas em alimentos de origem vegetal reduz os fatores de crescimento. Ou seja, o bom é uma alimentação balanceada com proteínas, vegetais, laticíneos e grãos.

Exercício
O exercício moderado reduz os níveis de substâncias pró-inflamatórias no organismo, reduz o peso, melhora o sistema imunológico, promove a circulação e fortalecem o coração. Como tal, é importante incluir alguns exercícios, pelo menos em sua programação diária, após consultar o seu médico sobre qual o nível de exercício é seguro para você.

Fibrinogênio
Esta é uma proteína que promove a coagulação do sangue. Uma dieta que é rico em proteínas e gorduras animais eleva os níveis de fibrinogênio.

A doença cardíaca não precisa ser uma condição fatal.
Se você tomar uma atitude e adotar hábitos alimentares saudáveis ​​certificando-se de incluir alimentos saudáveis em sua dieta, você pode reduzir o risco de ataque cardíaco.
Não se esqueça de praticar atividade física regularmente!


Culinária Saudável
Coração

Receitas Práticas Para
Um Coracão Saudável

Tenha um Coração
Saudável 30 minutos/dia
Compartilhe este artigo:Share on Facebook6Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

3 Comentários

  1. Pingback: Atividade física x Doenças x Vida Saudável | Dieta Saúde e Beleza

  2. Pingback: Dicas de alimentação para baixar o colesterol ruim ( LDL ) | Emagrecer Urgente

  3. Pingback: Bebida alcoólica engorda? | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *