Alimentos que aumentam a Serotonina

por Silvia em 16 de janeiro de 2012


Você sabia que a serotonina interfere em tudo que ocorre com o nosso corpo?
Pois é! Desde o humor, sono, apetite, bem estar físico e mental, atividade sexual, sensibilidade à dor, estabilidade emocional, controle da liberação de alguns hormônios e a regulação do ritmo circadiano (ciclo biológico).

Mas o que é a Serotonina e como obtê-la?
A serotonina é um neurotransmissor que o nosso próprio organismo produz e portanto não existe alimentos que tenham essa substância, porém há alimentos que influenciam e muito na produção de serotonina. A principal é o triptofano, um aminoácido que é convertido pelo organismo em serotonina.

Além do Triptofano, existem outras fontes que ajudam direta ou indiretamente na produção de serotonina como o folato, selênio, tirosina, tiamina, vitamina B6, presentes em diversos alimentos. Veja os principais alimentos que podem ajudar a aumentar os níveis de serotonina em seu cérebro:

Precursores da Serotonina Precursores da Serotonina
Bananas
Kiwi
Abacaxi
Plátanos
Ameixas
Tomates
Aveia
Chocolate
Nozes
Amêndoas
Castanhas do Pará
Pimenta
Queijos
Sementes de girassol
Trigo germinado
Grão de bico
Lentilha
Leite e derivados
Soja e derivados
Vinho
Abacate
azeitonas pretas
Brócolis
Ovos
Mel
Couve-flor
Peixes
Frutos de mar
Carnes de aves
Carne vermelha
Berinjela
Beterraba
Canela
Figos
Toranja
Laranja
Maracujá
Melão
Espinafre
Vegetais verde escuros

Falta de Serotonina

O corpo, especialmente o cérebro, sofre grande influência desse poderoso neurotransmissor, que em níveis baixos pode causar uma série de problemas como insônia, enxaqueca, distonia neuromuscular, transtornos mentais ou psicológicos como depressão, síndrome do Pânico, TOC, esquizofrenia, mal de Parkinson, ansiedade excessiva, e segundo estudos também influencia o apetite e a obesidade.

Serotonina e Apetite

Vários estudos tem ligado esse neurotransmissor ao apetite, desejos por doces e carboidratos, compulsão alimentar, ansiedade excessiva (sim, aquela que te faz devorar uma caixa de bombom). Ao contrário do que se pensa, o cérebro e o intestino possuem uma relação estreita e os dois se complementam.

Aproximadamente 90% de Serotonina produzido pelo corpo, é feito no intestino e não apenas no cérebro como se pensava antigamente. Segundo os cientistas dizem: ” O intestino é nosso segundo cérebro”. E devemos lhe dar nutrientes para que ele cumpra bem essa função, daí a importância de comer alimentos que traz benefícios não só fisicamente como mental.

Alcançar o equilíbrio

A serotonina é uma substância importantíssima para nossa saúde física e mental e incorporar alimentos que ajudam a aumentar a produção dela é essencial para que seus níveis estejam equilibrados e desempenhando sua função, que é de nos dá bem estar, bom humor e espantar o baixo astral e a depressão.

Com seus níveis estáveis, problemas ligado ao sono, como insônia e irregularidades em nosso relógio biológico também reduzem drasticamente, proporcionando uma melhor qualidade de vida.

Além dos alimentos que ajudam a produzi-lo, existem outras formas também de obtê-la como atividade física, sexo e até coisas simples que fazemos no dia a dia, como tomar sol, ouvir uma música que gosta, estar com os amigos, dançar, enfim, tudo que nos dá bem estar e prazer.

Veja também:
Dieta da Serotonina – Melhora o humor e controla o apetite

Nota: O conteúdo desse site tem apenas caráter informativo. As dietas e informações contidos nesse site são tiradas da própria internet. Todo programa alimentar deve ser realizado sob supervisão médica. Jamais se automedique ou faça dietas sem antes ser avaliado por um médico.

 

Livros e aliados para o seu emagrecimento:

segredos-da-dieta-perfeita Como ter Sucesso em qualquer Dieta Dieta dos 10 Passos eu-nao-consigo-emagrecer

Central Blogs

{ 2 trackbacks }

Dieta da Serotonina - Perca peso e ganhe bom humor | Emagrecer Urgente
20 de janeiro de 2012 às 11:34
Dieta do Chocolate | Emagrecer Urgente
5 de abril de 2012 às 11:34

{ 0 comentários… adicione um agora }

Deixe um comentário

Post Anterior:

Próximo Post