Celulite (lipodistrofia ginóide) – Oque é e como tratar

Muitos não sabem, mas o nome cientifico da famosa celulite, se chama lipodistrofia ginoide.
A lipodistrofia ginoide, ou celulite, como é mais conhecida, atinge cerca de 95% das mulheres e é considerada uma doença, que se caracteriza por uma inflamação da célula causada pela falta de oxigênio. Essa inflamação leva ao acúmulo de líquidos e proteínas nas células de gordura, provocando uma modificação da textura do tecido subcutâneo.
Isso faz com que haja uma irregularidade da superfície da pele (nódulos e depressões subcutâneas), que leva ao aspecto visual de “casca de laranja”.

Por que a celulite aparece?
Existem diversos fatores que propiciam o aparecimento da celulite, tais como:
hereditariedade, aumento de peso, alterações enzimáticas e hormonais, distúrbios circulatórios, erros alimentares, vida sedentária, estresse, distúrbios digestivos e intestinais, dentre outros.

Dicas para combater e previnir a celulite

Drenagens linfáticas, cremes para celulites e diversos outros tratamentos podem ajudar e muito a previnir ou melhorar a celulite, mas de nada vai adiantar, se não houver algumas mudanças na alimentação.
Uma dieta baixa em sal, gorduras trans e saturadas, também é uma poderosa arma na luta contra os furinhos. Eles não só previnem, como ajudam a melhorar o problema.

– Diminua o sal. Muito sal faz com que o organismo retenha líquidos, e isso propicia o surgimento da celulite.
Procure alternar o sal refinado pelo sal grosso, que contém dezenas de minerais e proporciona mais sabor em menor quantidade.

– Beba muito líquido. Beba no mínimo 2 litros de água por dia. Além de água, invista nos sucos e chás. Os melhores chás são: Chá verde (antiinflamatório e termogênico), Chá de Centella asiática (melhora a circulação e oxigena os tecidos), Chá de Cavalinha (diurética e ajuda na produção de colágeno), Chá de Curcuma (antioxidante e antiinflamatório), outros chás como chá de salvia, chá branco e vermelho, chá de menta e chá de espinho branco, são também ótimos para eliminar líquidos e toxinas.

– Coma mais fibras. Assim, você estará ajudando no bom funcionamento dos intestinos, mas não exagere, pois o excesso pode causar efeito contrário, causar inchaço e desencadear mais celulite. Opte pelas fibras naturais, presentes em verduras, legumes, frutas e cereais.
Não esqueça de beber muita água, para evitar constipação.

– Evite comida gordurosa e produtos industrializados. Os alimentos fritos, enlatados, processados ou refinados, com aditivos, conservantes, corantes ou substâncias artificiais, dificultam a digestão e contém alta quantidade de açúcares e gorduras, aumentando o acumulo de toxinas. Os alimentos crus, cozidos ao vapor, biológicos e integrais possuem mais nutrientes e menos compostos tóxicos, além de serem mais digestivos e aproveitados pelo organismo

– Evite fumar. A nicotina e o alcatrão presentes no cigarro provocam um engrossamento das paredes das artérias e veias, o que dificulta a circulação sangüínea, piorando a celulite.

– Pratique atividade física diária. Tonificando os músculos, há uma melhora na sustentação da nossa pele e contribuindo também com a circulação sanguínea.

Graus da Celulite:

Estágio 1 – a celulite é leve, só podendo ser observada se apertamos a pele
Estágio 2 – Moderada, as ondulações já são perceptíveis a olho nu
Estágio 3 – Grave, a pele ganha o aspecto “casca de laranja” e perde a elasticidade e brilho; pode-se sentir até uma sensação de peso e cansaço nas pernas.
Estágio 4 – Gravíssima, nódulos bem endurecidos, com dor e vermelhidão local.

Melhores tratamentos para cada estágio (Grau) da celulite:

Estágio 1 (Celulite Leve)
Nesse estágio, é mais fácil se livrar da celulite. Com algumas sessões de drenagem linfática ou ultrassom você terá bons resultados.
A drenagem custa em média R$50 ,00 por sessão e recomenda-se 10 sessões, duas vezes por semana.
O ultrassom também custa em média R$50 ,00 por sessão e é um aparelho que emite vibrações de baixa freqüência
Essas vibrações atingem a camada de gordura, ativando a circulação e a eliminação de líquidos. Recomenda-se também 10 sessões, duas vezes por semana.

Estágio 2 (Celulite Moderada)
Nesse estágio, é possível ver os furinhos, mesmo sem contrair a região.
O tratamento indicado é a Mesoterapia e a Carboxiterapia aquecida.
A Mesoterapia consiste na aplicação de injeções no local afetado com substâncias que intensificam a eliminação de gordura. Recomenda-se 10 sessões e cada sessão custa cerca de R$ 100,00.
Carboxiterapia aquecida consiste na aplicação de injeções de gás carbônico quente para melhorar a circulação na região. Recomenda-se 10 sessões e cada sessão custa cerca de R$ 100,00.

Estágio 3 e 4 ( Celulite Grave)
Nesses estágios, a celulite já se encontra em um grau bem avançado, necessitando assim de intervenções mais drásticas como a Subcisão e Accent.
A Subcisão consiste numa intervenção cirúrgica na área afetada para soltar as fibras que repuxam a pele. É feita com médico experiente, com anestesia local. Custa cerca de R$ 1000,00.
Accent, esse tratamento é feito por um aparelho de radiofreqüência, que aquece camadas profundas da pele, favorecendo a queima de gordura e eliminando a celulite. Cada sessão custa em média R$ 800,00 com um mínimo de 4 seção para melhor efeito.

A celulite, é uma grande vilã para a auto-estima das mulheres, mas não deixe que ela te vença. Com a alimentação adequada, atividade física, massagens localizadas com ótimos cremes que existem no mercado e com os tratamentos modernos que existem atualmente, dizer bye bye para a celulite é sim um sonho possivel.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!