Cirurgia Bariátrica – Noções Gerais

emagrecimento

Cirurgia Bariátrica – Quem, quando e por que fazer?

A cirurgia bariátrica ou cirurgia de redução de estômago como também é chamada é uma das alternativas para as pessoas que estão muito acima do peso, causando comprometimento na saúde e na qualidade de vida do paciente. Especialmente para casos nas quais dieta e atividade física são difíceis de implementar.

Existem três tipos de cirurgia bariátrica. Uma delas é o procedimento de redução do estômago, onde estão incluídos três tipos de procedimentos diferentes: banda vertical ajustável, gastroplastia vertical, gastroplastia vertical com by-pass em y de Roux, na qual é implantado no paciente um dispositivo (banda gástrica).

O segundo tipo é a cirurgia disabsortiva (ou Derivação bilio-pancreática), chamada de cirurgia de Scopinaro, onde ocorre a redução de cerca de 2/3 do estômago, com desvio do alimento, que vai para o intestino grosso. O terceiro tipo pode mesclar várias técnicas, tanto da primeira como do segundo tipo.

Quem pode fazer a cirurgia bariátrica?

Tomar a decisão de fazer uma cirurgia como essa é difícil com certeza pois implica em uma grande mudança de vida, especialmente em relação aos seus hábitos alimentares e estilo de vida. Cabe a cada pessoa decidir junto com a equipe médica se a cirurgia é viável, levando-se em conta as condições médicas do paciente.

Principais requisitos necessários:

• IMC acima de 40 kg/m², independentemente da presença de comorbidades.
• IMC entre 35 e 40 kg/m² na presença de comorbidades decorrentes do excesso de peso como diabetes, pressão alta, doenças cardíacas ou apneia do sono.
• IMC entre 30 e 35 kg/m² na presença de comorbidades que tenham obrigatoriamente a classificação “grave” por um médico especialista na respectiva área da doença. É também obrigatória a constatação de “intratabilidade clínica da obesidade” por um endocrinologista.

Benefícios da cirurgia bariátrica

Os benefícios à curto e a longo prazo após uma cirurgia bariátrica são incontáveis: Diminuição dos riscos de diabetes tipo 2, problemas cardiovasculares, hipertensão e outras doenças decorrentes do excesso de peso. Os riscos de mortalidade também é reduzido e consequentemente ocorre aumento da longevidade e qualidade de vida.

A Cirurgia Bariátrica não ajuda somente a perder peso e melhorar a saúde geral. Ajuda também a trazer bem estar e desenvolve a autoestima, fazendo com que a pessoa se sinta mais feliz e motivada, embora tenha que ter consciência que este é um processo permanente, que requer um compromisso para o resto da vida no que se refere à alimentação e manutenção de um estilo de vida saudável.

Cirurgia Bariátrica antes e depois

Antes e depois de Jassira Batista após a Cirurgia Bariátrica

Quando fazer a cirurgia Bariátrica?

Uma cirurgia dessa implica em mudanças nutricionais drásticas e portanto é preciso ter certeza de que está preparado para toda essa mudança. Ao optar em fazer a cirurgia bariátrica, a primeira coisa a fazer é consultar uma junta médica para que avaliem suas condições médicas. Caso a cirurgia seja indicada, o médico especializado determinará quais serão as opções de tratamento.

Além do acompanhamento médico e de diversos exames clínicos e laboratoriais, também é essencial o acompanhamento nutricional e psicológico durante todo o processo. A escolha da equipe médica que irá realizar a cirurgia também é fundamental. Deve ser feito em hospital adequado e por médicos associados à SBCBM, regulamentados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Após a cirurgia bariátrica

projeto viver magraApós a cirurgia, um novo desafio começa que é ao retomar à vida “rotineira”. A mudança mais significativa é em relação a quantidade de alimento que você vai ser capaz de ingerir, já que o tamanho dos estômago estará reduzido. Nos primeiros dias é normal sentir fraqueza e falta de disposição para as atividades diárias.

O tempo de recuperação varia, mas muitas pessoas podem retornar às atividades normais dentro de seis semanas após a cirurgia. Normalmente, nas primeiras semanas, nota-se uma significativa perda de peso, devido à pouca ingestão de alimentos. Pele flácida, solta e em excesso são comuns de acontecer após as dezenas de quilos perdidos em alguns meses após a cirurgia bariátrica.

Muitas pessoas acabam optando em fazer cirurgia plástica estética para remover o excesso de pele e gordura, especialmente do abdome, quadris, coxas e nádegas. Dentre as mais procuradas estão a Abdominoplastia e a dermo lipectomia.

Para maiores informações sobre a cirurgia bariátrica ou cirurgia de redução de estômago como é chamada, consulte o site da SBCBM (Sociedade Brasileira da Cirurgia Bariátrica e Metabólica).

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
0Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

2 Comentários

  1. Pingback: Angélica, 35 kg a menos após a cirurgia bariátrica | Emagrecer Urgente

  2. Maria Elena Lamas Souza

    Estou começando meus exames no HU ,para fazer minha cirurgia ,estou com muita disposição ,mas a nutricionista só foi marcada para Abril ,e a piscologa nem ligou ainda ,estou com muita vontade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *