Compulsão Alimentar – Viciados em comer


Compulsão Alimentar – Viciados em comer
Se exceder na alimentação em algumas ocasiões acontece com todo mundo, especialmente em comemorações ou feriados. Mas como saber se estamos ultrapassando as fronteiras da normalidade e entrando no complexo diagnóstico de compulsão alimentar?

A compulsão alimentar é um distúrbio alimentar grave em que você costuma consumir grandes quantidades de alimentos. É mais comum quanto parece e é uma das principais causas de obesidade mórbida no mundo.

A maioria das pessoas que sofrem desse distúrbio, se sentem profundamente frustradas e envergonhadas, muitas vezes acompanhados com sentimentos de raiva por si mesmo. Prometem sempre que vão parar, porém os impulsos são mais fortes e a pessoa não consegue se controlar.

Dentre todos os tipos de distúrbios alimentares, com certeza a compulsão é a mais comum, porém, ainda não é considerada uma condição psiquiátrica distinta. Mas mesmo assim é preciso descobrir as causas e tratá-las para que não se transformem em distúrbios alimentares piores como Bulimia e Anorexia.

Sintomas de Compulsão Alimentar

Pessoas que tem compulsão alimentar, geralmente apresentam uma gama de sintomas, tanto emocionais, como comportamentais, tais como:

  • Come grandes quantidades de alimentos
  • Come mesmo quando não sente fome
  • Come rapidamente durante a compulsão
  • Sente um prazer fora do comum durante a compulsão
  • Sente total frustração e arrependimento depois da compulsão
  • Sensação de que o comportamento alimentar está fora de controle
  • Não tem controle e come mesmo já estando farta e cheio de comida
  • Depressão ou uma tristeza profunda após a compulsão
  • Ansiedade e muita baixa autoestima
  • Tenta fazer dieta porém sem sucesso
  • Frequentemente come sozinho (a)
  • Sente-se frustrado, revoltado ou chateado com sua alimentação desadequada
  • Vive um terrível círculo vicioso, onde logo após a compulsão, tenta restabelecer o equilíbrio de suas porções, restringindo os alimentos. Essa ansiedade acaba levando a outra compulsão e assim sucessivamente.

Causas da Compulsão alimentar

As causas podem ser muitas e só um médico poderá avaliar, mas é certo que ocorre um desequilíbrio nos neurotransmissores e isso torna a compulsão num verdadeiro vício, onde o alimento é a “droga”. A pessoa tenta se libertar, porém precisa de tratamento adequado, para que saia do círculo vicioso e assim se libertar do sofrimento que ela acarreta.

A principal consequência da compulsão alimentar é a Obesidade Mórbida. Esse tipo de transtorno, pode acontecer a qualquer pessoa, independente do sexo, idade ou tipo físico, porém é mais comum encontrar pessoas obesas ou com sobrepeso com esse problema.

Segundo especialistas, a compulsão alimentar pode ocorrer em algumas mulheres, no período pós-parto, devido a uma grande fragilidade emocional da mãe, mais a ansiedade pelos quilos ganhos durante a gravidez, aliado ao desequilíbrio hormonal. Veja a reportagem abaixo, com maiores detalhes:

O Comedores Compulsivos Anônimos é uma entidade criada para auxiliar pessoas que vivem o mesmo problema. No site é possível encontrar a entidade mais próxima de onde mora e buscar a compreensão, respeito e a troca de informações e relatos sobre a Compulsão Alimentar. Para quem está sem rumo, pode ser um bom começo para procurar ajuda e apoio.

Tratamento para Compulsão Alimentar

Geralmente é feito de forma multidisciplinar, onde o compulsivo deverá receber tratamento médico, psicológico e nutricional. O médico irá avaliá-lo, para ver como anda a saúde, depois de tantos excessos alimentares e se for preciso, irá receitar um remédio para resgatar o equilíbrio dos neurotransmissores.

Um especialista da área de psicologia irá ajudar o paciente a resgatar a autoestima e irá tratar as causas, que muitas vezes podem ser ansiedade e depressão, dentre outras comorbidades.

O nutricionista por sua vez, poderá ajudar com o processo de reeducação alimentar, com uma dieta equilibrada e balanceada, assim como ensinar o compulsivo a alimentar de maneira frequente e fracionada.

Isso é apenas um balanço geral, pois a Compulsão Alimentar, assim como outros distúrbios alimentares, são um tema que envolvem uma grande complexidade, portanto somente um médico poderá fazer uma análise do paciente compulsivo.

Observação: Se você é daquelas pessoas que comem muito, mas em porções fracionadas, ou seja, belisca o dia inteiro, mas não de uma vez só… fique despreocupado, isso não é Compulsão Alimentar, isso se chama Gula! ^^

Indicação de leitura – Mentes insaciáveis

A Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva é uma psiquiatra super conceituada, que sempre participa de diversos debates e reportagens sobre diferentes transtornos. Nas horas vagas, ela é escritora e já escreveu sobre vários tipos de transtornos, entre eles, sobre Transtornos Alimentares.

O nome do livro se chama Mentes Insaciáveis: Anorexia, Bulimia e Compulsão Alimentar. No livro, ela aborda de forma clara, objetiva e humana, todos os sintomas, possíveis causas e tratamentos disponíveis para cada transtorno alimentar. Com certeza é uma ótima leitura não só para quem está vivenciando esse problema, como também para profissionais da área da saúde envolvidos com essa questão.

Veja a entrevista de Ana Beatriz Barbosa Silva sobre Compulsão alimentar e demais transtornos alimentares:

Compartilhe este artigo:Share on Facebook32Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

8 Comentários

  1. Pingback: Dieta da Serotonina - Perca peso e ganhe bom humor | Emagrecer Urgente

  2. gostei muito dessa matéria, quero saber como entrar em contato com um médico que possa mim ajudar a entender o porquer que como muito antes de mestruar, como demais uma semana antes , estou fazendo tratamento pra engravida preciso emagrecer mais não consigo, estou 5 quilos mais gorda o que faço:

    • Silvia

      Oi Claudenice!
      Realmente é bom consultar o médico para que ele avalie o motivo da fome aumentada antes de menstruar. Já que está em tratamento para engravidar, aproveite para conversar com ele e tirar todas as suas dúvidas. Não esqueça de dar uma atenção especial na alimentação pré gravidez, para que o seu futuro bebê encontre todos os nutrientes que ele precisa para ter um pleno desenvolvimento, como o ácido fólico por exemplo. Espero ter ajudado. Sorte para você! Abraços!

  3. renata alves

    amigos boa tarde .peço por favor que ajudem.estou com 90 kl,tenho 1.64 de altura.estou deseperada pq sinto desanimo e muita tristeza.peço em nome de DESUA que me ajudem,não tenho condiçoes finaceiras de passar num medico especialista por isso peço a vcs que me deem dicas.

    muito obrigada e feliz ano novo…bjus

    • Silvia

      Oi Renata!
      Pelo SUS, você pode obter ajuda psicológica e também clínica. O duro é que muitas vezes tem que esperar alguns meses para ser atendida, mas de qualquer forma já é um começo. Se você for compulsiva, tem o link que passei acima dos Comedores Compulsivos Anônimos. Lá eles podem te indicar soluções para vencer essa tristeza e desanimo. Força garota! Você consegue! Pode contar com a gente também ok! Abraços!

  4. Pingback: Como evitar a auto-sabotagem durante a dieta | Emagrecer Urgente

  5. Pingback: Ansiedade demais atrapalha o emagrecimento | Emagrecer Urgente

  6. Pingback: Pequenos passos que se tornam grandes mudanças | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *