DHEA, o hormônio da juventude

hormônio da juventude

Benefícios do DHEA para emagrecer e combater o envelhecimento

Os benefícios do DHEA são muito impressionantes, especialmente para as pessoas que tem acima de 40 anos. O DHEA, cujo nome científico é “desidroepiandrosterona”,  é um hormônio esteróide, produzido pelas glândulas supra-renais, que ajuda a desenvolver a testosterona e o estrogênio, dois hormônios essenciais para o bom funcionamento do organismo de homens e mulheres.

O problema é que depois de uma certa idade, mais ou menos por volta dos 40 anos, sua produção diminui acentuadamente, o que pode causar o processo de envelhecimento, enfraquecimento do sistema imunológico e até complicações na saúde, como aumento de riscos de problemas do coração e até câncer.

A suplementação adequada de DHEA, pode ajudar a retardar o envelhecimento e prevenir inúmeras doenças, como câncer, diabetes, artrite, osteoporose, obesidade, infecções virais e bacterianas, hipertensão, ataques cardíacos e insuficiência renal.

O DHEA ajuda a promover o fortalecimento do sistema imunológico, ajudando inclusive pacientes com HIV. Não é à toa que muitos pesquisadores consideram o DHEA como um “medicamento milagroso“.

Aumenta o desejo e a disposição sexual
Como o DHEA aumenta naturalmente os níveis de estrogênio e testosterona,ele pode ser um ótimo aliado para as mulheres que estão entrando na menopausa e também para os homens com mais idade, fazendo-os recuperar a libido, disposição sexual e melhorando a fertilidade em casais, com dificuldades de ter filhos.

DHEA ajuda a emagrecer e queimar gordura
O DHEA também tem sido eficaz como aliado para o emagrecimento, queima de gordura e aumento da massa muscular magra. Como ajuda a promover a densidade óssea e a síntese de proteínas dos músculos, em consequência, faz com que haja aumento da massa muscular, que por sua vez leva à perda de gordura.

Com isso, ocorre a perda de peso, já que o processo de transformação de gordura em músculo queima calorias. O aumento da densidade óssea também contribui para a saúde dos ossos e prevenção de muitas doenças, entre elas a osteoporose.

Previne doenças inflamatórias
Estudos comprovam que o DHEA ajudam a proteger os vasos sanguíneos, especialmente em pessoas que tem uma dieta rica em colesterol. Também tem também um efeito anti-oxidante e anti-inflamatória, além de ajudar no equilíbrio hormonal e no equilíbrio das taxas de glicose no sangue.

DHEA pode ser muito útil para aqueles que sofrem de doenças inflamatórias como artrite reumatóide e reduzir a inflamação relacionada com doenças auto-imunes como síndrome de fadiga crônica, lúpus e doença de Crohn. Isso ocorre porque o DHEA inibe citoquinas, incluindo um fator inflamatório chamado de IL-6, que contribui para a perda óssea e danos nas articulações.

Outros benefícios do DHEA
O DHEA em doses adequadas promove que o fígado trabalhe corretamente, permitindo assim a redução do colesterol ruim (LDL) no sangue. Pode ser inclusive benéfico para os homens, pois ajuda a reduzir os altos níveis de estresse, melhorando sua qualidade de vida. Diabéticos também podem se beneficiar com o DHEA, já que ele ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue.

Segundo estudos, o DHEA também ajuda no tratamento da síndrome da fadiga crônica e doenças da idade, como dificuldades de memorização, Alzheimer, esclerose múltipla, aterosclerose e alguns tipos de câncer. Também alivia sintomas de depressão, melhora a saúde mental, o humor e a sensação de bem-estar.

Onde encontrar o DHEA

Pode ser encontrado sob formas de cápsulas, cremes e até chás, em farmácias e drogarias especializadas, lojas de suplementos ou de produtos naturais e até pela internet. Veja alguns exemplos abaixo:


DHEA 25 mg
Jorrow

DHEA 25 mg
MRM

DHEA 25 mg
Celestia

Dosagem do DHEA

A dosagem de DHEA, dependerá da prescrição do seu médico, baseados na idade, sexo e tipo de tratamento, após uma avaliação que irá confirmar se você realmente necessita de suplementação do DHEA. O uso de DHEA pode ser usado em diversos tratamentos, como lúpus, depressão, disfunção eréctil, doença de Crohn, insuficiência adrenal ou reposição hormonal.

Pode ser usado para a perda de peso, e nesses casos, a dosagem geralmente é de 25 a 50 mg por dia, distribuídos em duas ou três vezes por dia. Porém, deve-se sempre antes consultar um especialista para saber se você está apto a tomá-lo e qual a dosagem correta, pois em excesso, o DHEA pode trazer efeitos colaterais.

Efeitos colaterais do DHEA

Doses extremamente elevadas de DHEA podem causar danos no fígado e outras complicações como batimentos cardíacos irregulares, aumento da pressão arterial, dores de cabeça e acne. O uso prolongado de DHEA em mulheres, pode trazer distúrbios hormonais, que podem causar alterações menstruais, alterações na voz, perda de cabelo, alterações de humor, aumento de pelos no corpo

Em homens que querem fazer uso do DHAE, devem fazer exame de câncer de próstata antes de iniciar a suplementação. Como o DHEA é convertido em estrogênio e androgênios, alguns usuários podem ter alterações hormonais que podem trazer mudanças ao corpo como sensibilidade mamária e atrofia testicular. Em casos mais raros, podem ocorrer redução de espermatozoides e infertilidade.

É recomendável também, após o início do tratamento, que se realize exame de sangue de 6 em 6 meses, para determinar os níveis de DHAE no organismo para se caso necessário, aumentar ou diminuir a dose. Quando consumido em dosagem correta, o DHEA pode trazer muitos benefícios, entre eles, o combate ao envelhecimento. Devido a essa particularidade, é chamado de o “Hormônio da Juventude”.

Contra-indicações do DHEA

Crianças e adolescentes têm altos níveis de DHEA, produzidos em seu organismo e portanto não devem tomar DHEA. Adultos com menos de 40 anos ainda possuem níveis satisfatórios de DHEA e portanto devem consultar o médico para verificar se há necessidade de usar o suplemento. Gestantes e mulheres que estão amamentando também devem evitar o DHEA.

Alguns medicamentos também podem ter seus efeitos reduzidos devido ao DHEA, como Hipoglicemiante, tratamento contra o câncer, pílulas anticoncepcionais e TRH (terapia de reposição hormonal), medicamentos para coágulos, tais como a aspirina e heparina, medicamentos para o coração, suplementos de ervas. Por isso, fale sempre com seu médico, antes de tomar o DHAE.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook74Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

15 Comentários

  1. Claudia

    Segue a dica: comprei meu suplemento na loja Diva Spa http://www.divaspashop.com. É uma loja on-line que entrega em vários países. Toda a explicação do produto esta em Portugues. Muito bom!

    • Silvia

      Oi Claudia!
      Obrigada pela dica!
      Abraços!

  2. Pingback: DHEA, o hormônio da juventude | Emagrecer Urgente » Emagrecer

  3. rosana helena wagner

    olá..eu sou usuária do DHEA..
    e posso confirmar que realmente foi excelente para mim. eu me encontrava num momento péssimo de saúde, humor , menopausa, doença de crohn e foi espetacular a melhora que tive…meus exames confirmam, eu me surpreendo comigo mesma.. voltei a fazer musculaçao , consegui reverter gordura em massa muscular, tive uma melhora de humor satisfátória..meus exames de densitometria óssea comprovam que estou mto bem.. enfim foi uma indicação médica corretíssima.. agradeço meu endocrinologista pela prescrição certeira..

    • Luana

      Oi Rosana, estou querendo usar o DHEA. Fiz exame e i meu deu muito baixo. Ando ne sentindo muito desanimada, cansada e sem libido. Faço musculação e tenho um acompanhamento nutricional. Tenho dificuldades de ganho de massa muscular. MINHA testosterona está bem baixa também. Vc está gostando? Quais os benefícios que vem sentindo com o uso do DHEA?

    • Eliane souza

      Onde você comprou no Brasil

    • Leandro Duarte

      Olá Boa noite gostaria de saber se vc pode me indicar o endocrinologista que indicou o tratamento porque todos que minha esposa vai não á ajuda e a deixa satisfeita só falam para fazer exercícios mas ela não consegui resultados dês De de já obrigado

  4. maria

    tenho um mês que uso não vi nem uma diferença a não ser as espinhas que saíram na testa e nos glúteos e so pode ser prq estou usando o DHEA nunca tive problema com espinhas nem quando era adolecente mas agora com quase quarenta anos estou com muitas.alguem que usa esta com esse problema tbm?

    • thays miranda

      Estou tomando tem 15 dias .Dhea 50 mg.Minha testa,meu peito e costas encheram de espinhas.Sem contar a oleosidade da pele , queda de cabelo e pele escamando.Estou assustada.meu medico passou pq eu fiz redução de estomago ha 2 anos e as taxas hormonais estavam mt baixas. Acho que vou parar de tomar pq os efeitos nao estao sendo satisfatórios.

      • Sandra

        Vc tem que ver pois acho que 50mg pode ser muito alta a dosagem, pois quando eu tomei de 50 mg tbm não me fez bem,tive queda de cabelo e etc, mas agora tomo 12,5 e me sinto muito bem, e tenho bastante disposição

    • andrea

      Boa tarde Maria, estou fazendo o uso do DHEA 25MG a uns meses, e infelizmente tbem estou com muita acne, ja estou com 42 anos,pensei que não era ele mais agora que vi seu comentário preocupei.

  5. Tenho 1,79 peso 63 Hdea ajuda no ganho de peso e massa muscular

  6. Pingback: Vida Saudável em 3 PassosDieta Emagrecer Urgente | Emagrecer Urgente

  7. Ubirajara

    Dhéa é a base todos os hormonios.
    Agora parei de ler quando vi “já que o processo de transformação de gordura em músculo queima calorias.”

  8. Maria aparecida nogueira

    Boa noite
    Faço uso do DHEA 50. Há 2 anos tenho 60 anos e ja estou na menopausas
    Minha disposição voltou com tudo tanto fisica como sexual
    Nunca tive nenhum desses sintomas citados
    Tomo por indicação do meu endocrinologista
    So tenho a agradecer
    Nota 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *