Dieta alcalina para equilibrar o ph alcalino

dieta alcalina 1

Dieta alcalina Equilibrando o ph alcalino e acidez

Se o que você procura é uma dieta que te traga boa saúde, aumento de energia, pele saudável, dentes e ossos fortes, além de uma aparência mais jovem, então a Dieta do Ph Ácido Alcalino seja a dieta certa para você. A Dieta alcalina é muito mais do que uma simples dieta de “revitalização”.

É uma dieta que está se tornando a queridinha de várias celebridades de Hollywood, e descrita  como a fórmula para alcançar a saúde perfeita, um corpo magro, com mais energia e resistência, além de ajudar a combater o envelhecimento.

O pH ideal no sangue humano é de 7,35 a 7,45 ou seja, ele deve ser ligeiramente alcalino. Isso quer dizer que acima ou abaixo desse valor, podem trazer problemas de saúde. Se estiver acima por exemplo, a dieta se torna muito ácida e seu corpo passa a usar os minerais armazenados nos órgãos vitais para restabelecer o equilíbrio ao neutralizar e transportar o excesso de ácido para fora de nossos corpos.

Dessa forma, minerais como o fósforo e cálcio são tiradas diretamente dos ossos e isso pode levar a uma fraqueza óssea. Agrava também as condições artríticas, além de causar um grande desequilíbrio hormonal que resultarão em problemas como levedura e super crescimento de fungos, um maior risco de câncer, dores de cabeça, além de diminuir nossa resistência às infecções.

O que devemos fazer então é “equilibrar” nosso pH, pois dessa forma, o oxigênio chegará melhor às células, levando a um combate mais eficiente aos radicais livres. Um organismo ácido é um ímã para todo tipo de doença. O que você come e bebe terá um impacto no nível de pH do seu corpo.

Como funciona a dieta do PH alcalino

A forma mais eficiente de equilibrar o Ph é fazendo um controle de ingestão de alimentos alcalinos e ácidos. Para isso, devemos ter acesso a uma lista de alimentos onde poderemos nos certificar que sua dieta inclui fontes adequadas de ambos. A escala de pH é de 0 a 14 e os alimentos podem ser classificados em 3 estágios de acidez: alcalinos (acima de 7), neutros (7) e ácidos (abaixo de 7).

Os alimentos alcalinos deverão fazer parte de 75% da sua ingestão, enquanto que alimentos ácidos preencherão os 25% restantes. Os alimentos alcalinos se resume pela maioria das frutas, verduras e legumes. Alimentos ácidos gravitam em torno de carnes, alguns laticínios e alimentos processados.

Ao misturarmos e combinarmos estes alimentos nas quantidades corretas, conseguiremos equilibrar o organismo, perder o excesso de peso, enquanto melhoraram a sua saúde e vitalidade em um curto período de tempo e acabar com problemas digestivos como azia ou refluxo ácido entre outras doenças crônicas como:

• Fibromialgia
• Candidíase
• Síndrome de Fadiga Crônica
• Infecções das mucosas
• Azia
• Dores crônicas articulares
• Distúrbios digestivos
• Problemas ligados à Obesidade
• Sangramento nas gengivas (gengivite) e muitos outros problemas resultantes de um desequilíbrio de pH.

A cura através do equilíbrio do Ph

Esse programa de dieta ajudará seu organismo a encontrar o equilíbrio e a cura de forma natural e assim eliminar esses problemas para sempre. O excesso de acidez no nosso corpo ajudam a prolongar diversos sintomas físicos, que com a idade tendem a piorar. Mas se equilibrarmos o pH interno entre acidez e alcalinidade, iremos adiantar a cura desses males e ganhar bem estar e boa saúde geral.

Robert O.Young, médico especialista em Microbiologia e Nutrição e estudioso sobre o Ph alcalino diz:”“A Enfermidade é a expressão de um excesso de ácidos no corpo humano e sua saúde depende de um ambiente alcalino, criado pelo consumo de alimentos como tomates, abacates e legumes de cor verde. Encontrar um equilíbrio ideal através de simples mudanças na dieta podem resultar em perda de peso, aumento da resistência e, por consequência, um sistema imunológico mais forte e uma maior sensação de bem-estar “

Veja as tabelas abaixo com a classificação de alguns alimentos referente à sua acidez e alcalinidade. Lembrando que as listas abaixo são superficiais. Consulte um nutricionista de confiança para maiores informações e detalhes sobre o ph dos alimentos.

Alimentos extremamente alcalinos

– Lentilha
– Castanha de caju
– Maçã
– Uva
– Espinafre
– Agrião
– Salsa
– Uvas sem sementes
– Cereais integrais
– Couve
– Aipo
– ágar ágar
– Algas
– Alho
– Chá verde
– Chás de ervas
– Brotos
– Semente de abóbora
– Brócolis
– Melão
– Abacaxi
– Nectarina
– Figos
– Mamão
– Melancia
– limão
– Manga

Alimentos moderadamente alcalinos

– goiaba,
– ervas verdes (folhas),
– alface (folhas),
– peras,
– nectarinas,
– pêssegos (doces),
– ervilha (fresca, doce),
– abóbora (doce),
– sal marinho (vegetal)
– laranjas,
– ervilhas,
– pêssegos,
– batata (com casca),
– beterraba
– alfarroba
– Maçãs (azeda),
– feijão (verde),
– beterraba,
– alface,
– pimentão,
– brócolis,
– repolho,
– couve-flor,
– gengibre (fresco),
– uva (ácida),
– abóbora (menos doce)
– abacaxi,
– rabanete
– nectarina
– maracujá
– Maçã (doce),
– brotos de alfafa,
– damascos,
– banana (madura),
– passas,
– tâmaras,
– figos (frescos),
– toranja,
– alho,
– uvas (menos doce),
– framboesa,
– morango,
– nabo,
– milho doce,
– sucos vegetais

Alimentos levemente alcalinos

– quiabo,
– azeitonas (madura),
– cebola,
– picles (caseiro),
– rabanetes,
– sal do mar,
– especiarias,
– tomate (doces)
– queijo de soja,
– leite de soja,
– grãos germinados
– alcachofras,
– couve de Bruxelas,
– cerejas,
– coco (fresco),
– pepino,
– berinjela,
– mel (in-natura),
– alho-poró,
– cogumelos,
– tomate (menos doce),
– flocos nutricionais.
– Castanhas (secas, torradas),
– gemas de ovos (mole cozido),
– pão dos essênios,
– leite de cabra,
– leite (cru),
– maionese (caseira),
– óleo de oliva,
– sementes de gergelim (inteira),
– soja em grão (seco)
– Amêndoas,
– tofu

Alimentos extremamente ácidos

– mel (pasteurizado),
– biscoitos de centeio (não refinado)
– xarope (não transformados),
– leite (homogeneizado)
– sementes de abóbora
– sementes de girassol),
– molho de soja
– pasta de azeitonas (picles),
– massas (grãos inteiros),
– pipoca (com sal ou manteiga)
– pão de trigo germinado orgânico
– Melaço,
– mirtilos,
– castanhas
– nozes,
– ketchup,
– mostarda,
– aveia,
– batatas,
– ameixas,
– arroz,
– ameixas,
– centeio (orgânico),
– Bananas (verdes),
– cevada (centeio),
– farelo,
– manteiga,
– cereais (não refinado),
– queijos,
– feijão,
– coco,
– ovos brancos,
– ovos inteiros (cozido duro),
– frutose,
– leite de cabra (homogeneizado),

Alimentos extremamente ácidos

– Café
– Bebidas alcoólicas
– Sal
– Açúcar
– Carnes bovina
– Carnes suínas
– Carnes de aves
– Peixes e frutos do mar
– Queijos (mesmo o branco)
– Leite
– Iogurte
– Farinha refinada
– Milho
– Pães
– Bolos
– Biscoitos
– Ovo
– Doces em geral
– Refrigerantes
– Nozes
– Cereais refinados
– Sucos de frutas artificiais
– Adoçantes artificiais
– Alimentos processados

Alimentos neutros

– Manteiga fresca, sem sal,
– nata,
– leite de vaca
– soro de leite (cru),
– óleos (exceto azeite)
– iogurte (simples)
Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
19Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

6 Comentários

  1. Pingback: Dieta do PH Alcalino - Cardápio | Emagrecer Urgente

  2. Fatima dos Santos

    Bom dia! nao entendí muito bem essa matéria, pois existe aí uma certa confusao entre os alimentos alcalinos e ácidos, consta alguns alimetos tanto na lista de alimentos alcalinos como também na lista de alimentos ácidos, poderia me explicar, por favor?

    • Silvia

      Oi Fátima!
      Vou dar uma conferida na lista para ver se algum alimento se encontra na lista errada ok. Abraços!

  3. Pingback: Água morna com limão potencializa o emagrecimento | Emagrecer Urgente

  4. Pingback: Dieta Para Emagrecer E Perder Barriga | Emagrecer Urgente

  5. Pingback: Dieta do Suco Verde emagrece até 6 kg | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *