Dieta da Pizza – Como emagrecer comendo pizza

pizza

Dieta da Pizza – Como emagrecer comendo pizza

Quem é que não curte uma boa e saborosa pizza? Tenho certeza de que se realmente houvesse uma dieta milagrosa à base de pizza, muitas pessoas pessoas nem pensariam duas vezes em segui-la, tamanha a paixão por esse alimento que é uma grande pedida para os fins de semana ou dias que não estamos afim de cozinhar.

Mas infelizmente a pizza não tem propriedades milagrosas e se a intenção é emagrecer, então devemos ser moderadas no seu consumo. No entanto, de maneira nenhuma precisamos riscar essa delícia do nosso cardápio. Você pode comer pizza ocasionalmente sim, desde que siga uma dieta equilibrada e saudável.

Precisamos ter consciência de que ganhar peso é muito fácil, já perder é extremamente complicado para a grande maioria das pessoas. Por exemplo, para perder 1 kg é necessário queimar em média 3.500 calorias. Homens devem consumir cerca de 2.500 calorias, já as mulheres, devem consumir até 2000 calorias.

Outra coisa que devemos levar em conta é o nosso gasto calórico em atividades físicas. Enfim, em suma, devemos entender que para perder peso, devemos gastar mais calorias do que a quantidade diária que ingerimos. Sem isso, nada feito! E comer pizza todos os dias é inviável por se tratar de um alimento calórico.

Dependendo da pizza, uma fatia pode ter em média 300 calorias e uma pizza inteira tem em torno de 2.500 calorias. Muito não é mesmo? Mas pra quem não quer abrir mão de comer pizza pizza de vez em quando (com moderação é claro), veja algumas sugestões que podem ajudar a não se sentir tão culpada pela indulgência

Pizzas light e saudáveis
Dicas para uma pizza mais saudável e menos calóricas
A pizza tem uma combinação perfeita: Carboidratos + Proteínas. A única recomendação para quem deseja emagrecer é procurar por opções mais saudáveis e menos calóricas. Uma boa alternativa é fazer a pizza em casa, pois assim você teria a oportunidade de montar a pizza usando ingredientes light.

Por exemplo, coloque mais vegetais em sua pizza e evite exagerar na quantidade de queijo, especialmente se for daqueles calóricos, com alto teor de gordura como parmesão, provolone e gorgonzola. Ao invés destes, substitua-os por queijo mussarela light, queijo minas light, cottage, ricota ou requeijão light.

Substitua alguns ingredientes
Se for colocar carne, evite calabresa e bacon e dê preferência ao presunto light e frango desfiado. Uma dica de recheio saudável para pizza de massa fina é colocar mussarela, molho de tomate, pepperoni, peru desfiado e legumes variados como brócolis, abobrinha, pimentões, tomate seco, rúcula, espinafre, escarola, etc.

1 fatia têm terá em média 175 calorias, 15 g de gordura, 5 g de fibras e 6,4 g de gordura saturada. fique atento à quantidade que come: Quanto menos fatias você comer, menos calorias e gordura saturada que você vai consumir. Enfim, é importante levar em conta todos esses fatos para que não corra o risco de engordar.

Troque a massa original pela a integral
Uma dica é consumir a pizza com massa integral, ou seja feito com farinha integral ao invés da farinha branca refinada. Os motivos são simples: Primeiro, porque a massa integral é mais saudável e será absorvida mais lentamente pelo organismo, evitando picos de açúcar no sangue e mantendo a saciedade por mais tempo.

Outro motivo é que a massa integral possui muito mais nutrientes do que a massa comum, como vitaminas do complexo B e muitas fibras, que além de manter a fome saciada, ajudam a combater uma série de doenças como diabetes, obesidade, doenças do coração, cânceres e ainda ajudam na manter o peso corporal estabilizado.

Faça molho de tomate caseiro, ao invés do industrializado
Vale muito a pena investir dinheiro e tempo no preparo de molho de tomate caseiro. Você pode fazer um monte de uma só vez e depois guardá-los no congelador em potes pequenos para serem usados um de cada vez. O molho ficará mais saudável que o molho industrializado pois não terá conservantes e outros aditivos químicos.

Para preparar o molho não tem segredo, basta comprar tomates de preferência orgânicos, que são livres de agrotóxicos e refogá-los em uma panela usando um pouquinho de azeite. Conforme é refogado, o tomate soltará sua própria água mas não quer que o molho fique muito grosso, acrescente mais água se julgar necessário. Acrescente os temperos que gostar como alho, manjericão, cebola, orégano, tomilho, pimenta, alecrim, sálvia e outras ervas. Só não abuse do sal hein.

Se você é daquelas que regam a pizza com muito azeite, cuidado pois estará acrescentando muito mais calorias à sua pizza. Um fiozinho de azeite é admissível e até faz bem… só não pode exagerar, pois mesmo o azeite é calórico!

Confira os valores nutricionais de alguns sabores de pizzas (Equivalente a um pedaço com aproximadamente 140 gramas)

Calorias de Pizzas Magras

Pizza de alho: 175 Kcal
Pizza Atum com cebola: 205 Kcal
Pizza Mussarela de búfala, tomate seco e rúcula: 280 Kcal
Pizza escarola: 290 Kcal
Pizza champignon: 280 Kcal
Pizza de Aliche: 174 Kcal
Pizza mussarela de búfalo com tomate seco e rúcula: 286 Kcal
Pizza Peito de peru com catupiry: 271 Kcal
Pizza Palmito com mussarela: 274 Kcal
Pizza de geleia com frutas: 168 Kcal

Calorias de Pizzas Gordas

Pizza Marguerita: 342 Kcal
Pizza Calabresa com cebola: 300 Kcal
Pizza quatro queijos: 400 Kcal
Pizza calabresa: 300 Kcal
Pizza Salmão defumado, mussarela e tomate: 318 Kcal
Pizza frango com catupiry: 370 Kcal
Pizza Portuguesa : 423 Kcal
Pizza Mussarela com bacon: 463 Kcal
Pizza de brigadeiro: 512 Kcal
Pizza de frutas com sorvete: 330 Kcal

Curiosidades interessantes sobre a Pizza

Apesar de quase todo mundo achar que a origem da pizza é italiana, na verdade o primeiro conceito de pizza surgiu há mais de 6 mil anos no Egito e se chamava “pão de Abraão”. Era feito de massa assada de farinha, água e sal com recheio de condimentos. Depois de muito tempo, os italianos fizeram uma nova versão da pizza, que tinha recheio de tomate e era dobrado no meio como se fosse um sanduíche.

A versão da pizza que conhecemos hoje foi criada por Dom Raffaele Espósito, um padeiro napolitano que servia o rei Umberto I e a rainha Margherita. Ele inovou a receita, usando ingredientes para reproduzir as cores da bandeira italiana: mussarela, tomate e manjericão e batizou o sabor com o nome da rainha: Margherita.

Com o passar do tempo, a pizza foi ganhando popularidade e novos sabores foram surgindo ao redor do mundo conforme os ingredientes nativos de cada região, acarretando em uma mistura deliciosa de sabores. Ah, e você sabia que a pizza tem até um dia especial? Dia 10 de julho é o Dia Internacional da Pizza.

Veja também: Receitas Saborosas e Saudáveis de Pizzas Light

Compartilhe este artigo:Share on Facebook9Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

1 Comentário

  1. Pingback: Receitas Saborosas de Pizzas Light | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *