Dieta do Mediterrâneo – A dieta mais saudável do mundo!


Dieta do Mediterrâneo – A dieta mais saudável do mundo!
A Dieta do Mediterrâneo, ou Dieta Mediterrânea, como também é chamada, é mais do que uma simples dieta. É um estilo de vida!
Ela é considerada uma das dietas mais saudáveis do mundo!

A Dieta do Mediterrâneo foi inspirada na culinária dos povos de países banhados pelo mar mediterrâneo (Itália, Grécia, França, Espanha, entre outros) e foi criada pelo médico Ancel Keys em 1945 e é baseada no consumo de azeite de oliva.

Um dos principais objetivos dessa dieta é previnir diversas doenças dentre elas:
Problemas cardiovasculares, câncer, doenças crônicas mais comuns, como mal de Alzheimer, câncer, mal de Parkinson, síndrome metabólica, asmas, doenças pulmonares, alergias, hipertensão, regula níveis de insulina e colesterol, combate a osteosporose, e muitas outras.

Outro objetivo da dieta do mediterrâneo, é a longevidade.
Acredita-se que quem faz essa dieta consegue uma vida longa.
Tudo isso, graças aos alimentos imprencídiveis que fazem parte dessa dieta, aliada a exercícios físicos. Com isso, você ganha qualidade de vida e fica longe das doenças!
Tudo isso, tem que fazer parte da sua vida, como se fosse uma religião!

Nessa dieta não existe um cardápio específico e sim alguns alimentos que devem fazer parte do seu cotidiano. Veja quais são esses milagrosos alimentos.

Os Principais Alimentos da Dieta Mediterrânea:

dieta-do-mediterraneo

– Azeite de oliva extra virgem
– Cereais (soja, ervilha, lentilha, trigo integral)
– Massas e carboidratos em geral.
– Carne de ave sem pele
– Peixes ricos em ômega 3 (sardinha, arenque, atum e salmão)
– Legumes, verduras e frutas
– Tomate fresco (Possui vitaminas A,B e C e é rico em ácidos orgânicos)
– Leite de soja e sucos de frutas
– O vinho tinto (1 cálice) pode ser tomado, uma vez ao dia e sempre durante a refeição.
(se tomar o vinho isoladamente pode embriagar, mas junto com a comida, ele ajuda na digestão)

A importância do Azeite de oliva e vinho tinto na Dieta Mediterrânea

O Azeite de oliva, especialmente o extra virgem, que é mais puro, pertence ao grupo das gorduras monoinsaturadas, que favorecem a absorção de nutrientes, como as vitaminas A, D e K e ainda reduzem o perigo de ter um enfarte ou derrame.
O azeite extra-virgem ainda preserva os antioxidantes naturais da sua fruta de origem, as azeitonas.

Os países do Mediterrâneo (Grécia, Espanha, Itália, Marrocos, Tunísia e sul da França) possui os mais baixos índices de doenças do coração do mundo.
O azeite de oliva, além de saboroso, ainda contribui para aumentar a saciedade, facilita a digestão e estimula o funcionamento do intestino.
O vinho tinto, por sua vez, possui resveratrol. Esta substância é um polifenol que atua como antioxidante e ajuda a combater diversas doenças cardiovasculares.

Alimentos que devem ser evitados na Dieta Mediterrânea

Na verdade, não existe alimentos proibidos nessa dieta. Mas existem alimentos que devem ser evitados, ou seja, alimentos que se deve comer em menor escala.
Observe a imagem abaixo:

Nessa pirâmide, você pode observar que atividade física é a base dessa dieta.
Pratique todos os dias. Nem que seja uma simples caminhada.

Alimentos que podem ser comidos diariamente:
Cereais Integrais, carboidratos em geral, frutas, verduras, legumes, frutas, leguminosas, feijões, oleaginosas, leites, queijos, azeite extra-virgem e vinho com moderação.
Beber 6 copos de água no mínimo por dia.

Alimentos que podem ser comidos semanalmente:
Peixes, frango e ovos.

Alimentos que podem ser comidos mensalmente:
Gordura saturada, carne vermelha, doces e açúcares em geral não são proibidos.
Mas seu consumo deve ser restrito.
Evite também corantes, produtos industrializados e imbutidos.

Dê sempre preferência a produtos naturais, longe de processos químicos.
Se precisar de um molho de tomate, não use os prontos.
Faça você mesmo, com tomates fresquinhos. Além de ser muito mais saboroso é bem mais nutritivo.

Receita de molho de tomate natural:

* Azeite de oliva
* 6 tomates bem maduros
* 1 cebola grande
* 1/2 copo de agua
* Salsinha (bastante)
* Salvia (4 folhas)
* Tempero verde
* Sal

Modo de Preparo:

1. Corte os tomates em cubos, com semente.

2. Pique a cebola, a salvia, a salsinha e o tempero verde.

3. Em uma panela em fogo baixo, coloque o azeite e a cebola picada, deixe ela dourar um pouquinho e coloque os tomates cortados em cubos, mexa bem.

4. Coloque a água e continue mexendo, depois é só deixar cozinhar sozinho.

5. Por fim acrescente bastante salsinha, as folhas picadas de salvia e o tempero verde, mexa e acrescente o sal a gosto.

Entrevista da Nutricionista Adriana Monaco para o programa Vida Melhor sobre a Dieta do Mediterranêo:

Compartilhe este artigo:Share on Facebook6Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

6 Comentários

  1. Olá, eu amei esse blog,gostaria de saber qual das dietas é mais saudavel, a dieta japonesa ou a dieta que Kate Middleton usa.

    • Silvia

      Oi Emily Roz!
      Que bom saber que você está gostando do blog.
      Quanto a sua dúvida sobre a dieta japonesa e dieta Dunkan (da Kate Middleton), é difícil dizer qual a melhor, pois cada organismo reage de um jeito. Mas particularmente acho que a dieta japonesa seja mais fácil de seguir. Lembrando que nas duas dietas deve-se evitar o uso do açúcar, bebidas alcóolicas e alimentos industrializados e outras coisinhas mais! Não sei se te ajudei muito, mas qualquer coisa, estamos aí!
      Abraços!
      Silvia

  2. Pingback: Dieta rápida de emergência - Dieta de 1 semana | Dieta Saúde e Beleza

  3. Pingback: A Dieta de Sonoma - Como funciona | Dieta Saúde e Beleza

  4. Pingback: Dieta Barriga Zero - Enxugar medidas e emagrecer | Emagrecer Urgente

  5. Pingback: Dieta Atlântica, a dieta de Portugal | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *