Gravidez – Alimentação no segundo trimestre


Gravidez – Alimentação no segundo trimestre
O segundo trimestre da gravidez chegou e esse período é menos crítico em relação à riscos para bebê, como aborto, por exemplo. Nesse período também, muitas mulheres deixam de sentir mal estar e enjoo, tão constantes no início da gravidez.

Veja também :
Gravidez – Alimentação nos primeiros 3 meses

Gravidez – Alimentação no último trimestre

À partir do quarto mês, o alargamento da cintura é mais nítido e com isso surge a necessidade de começar a usar roupas mais confortáveis e soltas. A digestão pode começar a ficar mais lenta e pode ocorrer constipação e prisão de ventre. Por isso é importante uma alimentação rica em grãos integrais e fibras.

Se ainda assim não resolver, converse com o seu ginecologista, para que ele prescreva um laxante adequado. Intestino preso na gravidez deve ser evitada pois pode causar hemorroidas, o que tornará a gravidez ainda mais desconfortante.

Gravidez por Dentro

http://youtu.be/ZQH4JkeGeeM

Alimentação no segundo trimestre da gravidez

Uma alimentação saudável, deve ser seguida por toda a gestação.
Verduras, legumes e frutas frescas, alimentos ricos em fibras e minerais;
Alimentos lácteos, como leite, queijos, iogurtes, ricos em cálcio;
Vegetais doces como cenoura, beterraba e abóbora, ricos em betacaroteno;
Frutas vermelhas e alaranjadas, ricas em vitaminas do complexo B.
Nozes, amêndoas e passas, ricas em gorduras boas e minerais;
Vegetais verdes escuro como espinafre, couve, brócolis, ricos em cálcio e ferro;
Feijões, lentilha e leguminosas, ricos em proteínas e ácido fólico;
Carnes magras, frango , ricos em ferro
Peixes , frutos do mar e linhaça, ricos em ômega 3.
Grãos e cereais integrais como arroz integral, aveia, ricos em fibras e minerais.

* Durante a gravidez, é recomendável que se faça cinco pequenas refeições por dia em vez de três refeições pesadas. Além disso, reduzir a ingestão de açúcar, gordura saturada e sal. Evite excessos alimentares durante a gravidez, pois você com certeza se sentirá pesada e desconfortável.

* É fundamental beber muita água (vai evitar a desidratação, lavar as toxinas do corpo e evitar o inchaço, decorrente da retenção de líquidos). É comum na gestação, sentir muito sono. Tirar uma soneca durante a tarde fará muito bem às grávidas. Vai ajudar a recuperar a energia e disposição.

Entre o quarto e quinto mês de gestação, há um aumento no peso da futura mamãe, que deve ser controlada, evitando que ultrapasse 300 g por semana. Por isso é bom monitorar o peso pelo menos uma vez por semana. Nesse período também é possível saber o sexo do bebê. Com essa informação, fica mais fácil escolher o nome , preparar o enxoval e decorar o quartinho do bebê.

Excesso de peso e anemia na gravidez

Para evitar o excesso de peso durante a gravidez, evite alimentos de calorias vazias, que não oferece nenhum benefício nutricional, mas oferece quilos a mais na balança. Todas já sabem, mas é sempre bom lembrar: Limite o consumo de cafeína e sal e evite álcool, aditivos químicos, alimentos processados e gorduras saturadas.

No sexto mês, é preciso ter cuidado com as anemias, que podem ser de dois tipos: Anemia megaloblástica e anemia ferropriva. Anemia megaloblástica ( deficiência de ácido fólico ) é mais rara durante a gravidez, mas suas consequências são muito perigosas para a mãe e o feto. Para evitar esse tipo de anemia, basta uma dieta rica em proteínas animais e vegetais, que são as principais fontes de ácido fólico.

Anemia ferropriva ( deficiência de ferro ) é mais frequente durante a gravidez. Portanto, torna-se realmente necessário aumentar a quantidade de alimentos com ferro a partir do quinto ou sexto mês de gravidez.

Gravidez – 15º a 20º semana (5º Mês)

http://youtu.be/4izVScTiulc

Durante este período de gravidez, é recomendável que você pratique esportes ou atividade física que não envolva muito esforço, como caminhadas, alongamento, ioga, pilates, hidroginástica. Veja alguns exemplos de exercícios aqui.

Exercícios durante a gravidez são importantes pois ajudam na circulação da região periférica, que irá facilitar a saída do bebê durante o parto. E além disso, também ajuda a manter o corpo em forma, facilitando que seu corpo volte ao normal mais rápido e sem flacidez, depois que seu bebê nascer.

Esteja focada na sua alimentação e monitore sempre o seu peso. Á partir do sexto mês, o aumento deve ser de aproximadamente 400 gramas por semana e não mais do que isso. Faltam 3 meses para o bebê nascer e precisamos começar a nos preparar desde já.

Procure aprender técnicas de respiração. Isso é importante para a hora do parto. Curta esse momento, pois é a melhor fase da gravidez. Podemos já sentir os chutes do bebê e ele também já reconhece sua voz. É um bom momento para começar a conversar com ele e cantar cantigas. Vai criar um vínculo entre vocês.

Gravidez – 21º a 27º semana (6º Mês)

http://youtu.be/Yoi44CbSRME

Livros que podem te orientar durante a gestação

101 dicas essenciais
na gravidez

Elizabeth Fenwick

A Gravidez Dia a Dia
Maggie Blott

Gravidez Saudável
Guia Prático da

Gestação ao Bebê
Compartilhe este artigo:Share on Facebook5Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

3 Comentários

  1. Pingback: Gravidez - Alimentação no primeiro trimestre | Dieta Saúde e Beleza

  2. Pingback: Gravidez - Alimentação e cuidados nos últimos três meses | Dieta Saúde e Beleza

  3. Pingback: Exercícios para o 1º , 2º e 3º trimestre de gravidez | Dieta Saúde e Beleza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *