Hormônios que aceleram o metabolismo e ajudam a emagrecer


Hormônios que aceleram o metabolismo e ajudam a emagrecer
Muitas pessoas dizem comer pouco, não consomem gordura e mesmo assim não conseguem emagrecer de jeito nenhum. Essas pessoas talvez não saibam, mas a dificuldade em perder peso pode ser decorrente de alterações hormonais, importantíssimos para o controle do peso.

Os níveis de hormônios estão sempre mudando de tempos em tempos. Além de causar mudanças no nosso comportamento e no nosso humor, as alterações hormonais também afetam o sistema metabólico, que por sua vez afeta os níveis de energia gastos pelo nosso corpo.

A maneira como nos alimentamos e nos exercitamos e a hora em que fazemos isso também pode potencializar a secreção dos hormônios que beneficiam o emagrecimento, ou seja, o estilo de vida influencia positivamente ou negativamente a liberação de hormônios, que por sua vez estão relacionados a mudanças de peso. Um exemplo é o número de mulheres que ficam acima do peso ao entrar na menopausa, devido à baixa produção de hormônios.

Veja como alguns tipos de hormônios podem influir no ganho ou perda de peso.

Hormônio do crescimento
A principal função é estimular a formação de proteínas de hormônio do crescimento. Determinar o número de proteínas que formam a força muscular, ossos, cartilagens e tendões. Além disso, o hormônio de crescimento tem outro papel importante, especialmente ao que se trata em atividades físicas.

Além de aumentar a queima de gordura, esses hormônios também controlam o metabolismo do açúcar. Resultado: A atividade física se torna mais eficaz na redução de depósitos de gordura. Ao reduzir o metabolismo da glicose, os níveis de açúcar no sangue são controlados, de modo que o nível de energia é mantido durante o exercício.

Endorfinas
A liberação de endorfinas podem diminuir o seu apetite, criar uma sensação de euforia após o exercício, e reduzir a ansiedade. As endorfinas aumentam muito durante o exercício físico e, eventualmente, permanecerá em seu sangue por longos períodos de tempo.

Insulina, Epifrina, Tiroxina
Assim como as endorfinas, as taxas mais altas desses hormônios é encontrado durante as atividades físicas. Por isso é muito importante adotar um estilo de vida saudável e uma rotina regular de exercícios para que haja liberação desses hormônios. Esses hormônios são muito importantes para regular o metabolismo após a ingestão de carboidratos, proteínas e lipídios.

Testosterona
A testosterona é importante para ambos os sexos. Ela ajuda a manter a massa muscular, aumenta o seu metabolismo e diminui a gordura corporal. Os homens têm mais testosterona do que as mulheres, mas com a idade seus níveis diminuem em ambos os sexos.

Estrogênio
Estrogênio aumenta a quebra de gordura, eleva seu humor, e aumenta o seu metabolismo e a libido. As mulheres têm mais estrogênio que os homens. Com a chegada da menopausa o estrogênio diminuem gradualmente. Uma forma de ajudar a liberação do estrogênio é durante os exercícios físicos e ele fica no sangue até quatro horas depois do término da atividade física.

Atividade física x Hormônios x emagrecer

O hormônios podem fazer uma grande diferença na perda de peso. E quanto mais você se exercitar, mais hormônios você vai liberar, acelerando o emagrecimento.

Eles ajudam a quebrar a gordura, aumentar a massa muscular, fortalecer os ossos, aumentar o seu metabolismo, regular o açúcar no sangue e ainda melhoram o seu humor. Se você aumentar seus níveis de atividade, seu corpo vai trabalhar em sintonia com você para você poder conquistar o corpo que sempre quis.

Emagrecer é um desafio e não acontece do dia pra noite e nem com milagres. Ter uma vida ativa e uma alimentação saudável é a melhor maneira de emagrecer e viver de bem com a balança. Se você leva uma vida saúdável e é ativa e mesmo assim, os ponteiros da balança não descem, pode ser haja algum problema hormonal. Nesse caso, converse com seu médico sobre suas suspeitas.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook24Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

3 Comentários

  1. Maria Ines

    Olá… Li algumas mensagem e achei muito interessante…por isto gostaria de receber e mail…
    Sem mais agradeço….

    Maria Ines….

  2. Pingback: Comer muito pouco engorda ao invés de emagrecer | Emagrecer Urgente

  3. Pingback: Cardápio para emagrecer sem ansiedade e estresse | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *