Incontinência Urinária x Obesidade

incontinência urinária

Incontinência Urinária x Obesidade

A obesidade é um fator de risco para a saúde e o controle de peso é fundamental para uma vida saudável, uma vez que existem muitos fatores que afetam a saúde do corpo. Vários estudos por exemplo demonstraram que mulheres obesas ou com excesso de peso tem maiores riscos de ter incontinência urinária.

A incontinência urinária se caracteriza pela perda involuntária de urina, que ocorre por diferentes razões, tais como idade, gestação, infecções urinárias e obesidade. O excesso de peso aumenta a pressão sobre a bexiga e os músculos ao redor, enfraquecendo-os e fazendo com que a urina vaze durante qualquer tipo de esforço como um espirro, uma crise de tosse ou até mesmo durante uma atividade física.

Portanto é comum uma maior prevalência de incontinência urinária em mulheres obesas em relação às mulheres cujo o peso esteja dentro do normal. Está aí mais uma boa razão para nos motivar a manter o peso dentro do controle, evitando assim problemas pra lá de desagradáveis como a incontinência urinária.

O que dizem os estudos?

No estudo EPICC, realizado em voluntárias através de um teste de esforço (tosse) foi contatado que a sobrecarga pélvica causada pela obesidade, juntamente com outros fatores, tais como o envelhecimento, pode provocar uma deterioração do tecido conjuntivo, alterando os mecanismos de suporte da bexiga e da uretra, o que dá origem a incontinência urinária.

Neste sentido, uma pesquisa recente como o PRIDE (Programa de Redução de incontinência com dieta e exercício) mostraram que pacientes obesos que seguiram um programa de perda de peso com dieta, exercício e alterações comportamentais, reduziram em até 47% seu problema em relação à incontinência urinária.

Portanto, deve-se ter em mente que o controle de peso é importante para evitar vários problemas de saúde como a obesidade, que por sua vez acaba levando a muitos outros problemas de saúde, como a incontinência urinária feminina.

Seguir uma dieta saudável e equilibrada assim como manda a boa e velha reeducação alimentar, adotar uma rotina de exercícios regulares e hábitos saudáveis são itens essenciais para emagrecer ou manter o peso.

Outra boa dica é fazer exercícios pélvicos pelo três vezes por dia. O exercício consiste em contrair, durante 10 segundos, e relaxar por mais 10 segundos. Se os exercícios forem frequentes, depois de um tempo já se nota melhora nos sintomas.

Outras doenças que aumentam os riscos de incontinência urinária é a doença renal ou diabetes. A incontinência não é normal em qualquer idade – exceto durante a infância, portanto siga nossas dicas, cuide-se e previna-se desse mal desnecessário.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
5Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

1 Comentário

  1. Pingback: Vacina para emagrecer e combater a obesidade | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *