L-arginina aumenta a massa muscular e combate o envelhecimento

corpo perfeito 11

Benefícios do L-arginina para a saúde e para emagrecer

O L-Arginine é um aminoácido não essencial, produzido pelo nosso corpo e também encontrado em diversos alimentos como carnes, frutos do mar, sementes oleaginosas, chocolate, coco, leite e laticínios, cereais integrais. Ele também é vendido na forma de suplemento, já que o corpo muitas vezes não o produz de forma eficiente ou não o absorve corretamente através dos alimentos.

A falta deste aminoácido no organismo pode acarretar em intolerância à glicose, comprometimento da produção de insulina e dificuldade no metabolismo dos lípidos no fígado. Em quantidades adequadas esse aminoácido promove muitos benefícios, especialmente devido aos seus efeitos anti-envelhecimento.

O L-arginina ajuda ainda no metabolismo de muitas enzimas e proteínas como L-glutamato, L-prolina, creatina e prolactina e atua como antioxidante, eliminando resíduos como amônia do organismo. Estimula a produção de colágeno, substância importante na reparação das células e para a saúde dos ossos.

Benefícios do L-arginina

Potencializa a insulina e melhora a circulação sanguínea
Ajuda a regular os açúcares no sangue, desempenhando um papel importante na síntese de moléculas de proteína como a creatina e insulina, é um precursor do óxido nítrico e outros metabolitos, atua na reconstrução dos tecidos da pele e dos tecidos conjuntivos, fortalece o sistema imunológico, aumenta a libido sexual.

O L-arginina ajuda a melhorar a função do sistema circulatório geral, aumentando o fluxo de nutrientes, levados no sangue para todas as partes do corpo, relaxando os vasos sanguíneos e beneficiando o fluxo sanguíneo para o coração, prevenindo a formação de coágulos e doenças como aterosclerose e doenças cardíacas.

Propriedades anti-envelhecimento
Mas o que se destaca realmente neste aminoácido, são suas propriedades anti envelhecimento, já que ele estimula a produção de colágeno e de hormônios como o GH (hormônio do crescimento) e a testosterona, que diminuem à medida que envelhecemos, influindo diretamente no processo de envelhecimento.

Esses hormônios ajudam a manter a elasticidade da pele, reduzem a gordura corporal e aumentam a energia e disposição sexual, além de fazer você rejuvenescer de dentro para fora. O L-arginina ainda tem a capacidade, quando necessário, de se converter em glicogênio durante a atividade física, estimulando assim a queima de gordura e o aumento da massa muscular.

Para obter o efeito anti-envelhecimento, é recomendável consumir o L-arginina, 30 minutos antes dormir, pois só assim ele impulsionará a produção do GH, que ocorre entre 30 a 40 minutos durante o ciclo do sono, que é o sono delta. Os benefícios anti-envelhecimento do GH incluem o aumento da produção do colágeno, que contribui para a redução de rugas, pele, cabelos e unhas mais fortes e saudáveis.

L-Arginina aumenta a fertilidade
Além de ajudar a aumentar a libido e a disposição sexual, o L-arginina é chamado ainda de “Viagra Natural“, pois tem bons resultados no tratamento de fertilidade de homens e mulheres e disfunções eréteis, uma vez que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, aumentando o fluxo sanguíneo das regiões genitais, além de aumentar os níveis de testosterona.

Onde encontrar o L-arginina

Suplemento de L-arginina ou arginina é encontrado facilmente em lojas de suplementos, em algumas farmácias ou pela internet. Veja alguns exemplos abaixo:


Argimaxx

L-arginina cápsulas

BCAA + Arginina

Efeitos colaterais da L-arginina

É raro ocorrer efeitos colaterais com o consumo de L-arginina, porém os mais comuns são náuseas, dores no estômago, prisão de ventre, diarreia. Porém em alguns casos podem ocorrer efeitos secundários mais graves como problemas respiratórios, reações alérgicas na pele como erupções cutâneas, urticária, coceira.

A dosagem correta de L-arginina dependerá das necessidades de cada indivíduo, baseando-se na idade, sexo e no objetivo a ser alcançado. Por isso é muito importante uma avaliação médica antes de começar a usá-lo, para que ele possa indicar a dosagem correta. É importante também que o tratamento seja supervisionado por um especialista, para evitar que o suplemento seja consumido de forma indevida.

Contra-indicações do L-arginina

banner-q48Pessoas que devem evitar o consumo de L-arginina: Gestantes, lactantes, crianças, adolescentes, portadoras de doenças hepática, diabetes, câncer ou que estejam com o sistema imunológico enfraquecido, pessoas que sofreram um ataque cardíaco, pacientes que estejam tomando medicamentos anticoagulantes ou anti-plaquetários, pois a L-Arginina aumenta a circulação e pode aumentar o risco de hemorragia.

Pessoas com anemia falciforme e diabéticas que tomam medicamentos para controlar os níveis de açúcar no sangue, também devem evita-lo, pois a L-arginina pode aumentar os níveis de glicose. Aqueles com doenças do sangue, como a hemofilia devem conversar com seu médico antes de usar este suplemento também.

Quando tomado corretamente e com supervisionamento de um profissional, o L-arginina, pode trazer muitos benefícios para a saúde, no emagrecimento, na massa muscular e no combate ao envelhecimento. Não é à toa que este suplemento está sendo conhecido como um dos melhores produtos anti-idade do século.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook41Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

6 Comentários

    • Silvia

      Oi Ronaldo!
      Obrigada pela dica!
      Abraços!

  1. Silvia maria santos

    esto usando arginina. da avon e esto gostando.e quero saber mais

  2. Pingback: Uva-passa estimula a sexualidade | Minha Granola

  3. Cássio de Sousa

    Pessoa com de 64 anos, não diabética, sem questões renais e hepáticas, não praticante de esportes e malhação pode usar Arginina? Se puder, por quanto tempo e dosagem ideal?

  4. Pingback: L-carnitina: Benefícios para emagrecer | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *