Pipoca, lanche perfeito para quem está de dieta

pipoca para emagrecer

Pipoca, lanche perfeito para quem está de dieta

Você sabia que a pipoca pode ser uma grande aliada na dieta? A pipoca, além do seu baixo teor calórico, ainda é rica em fibras e antioxidantes, conhecidos como polifenóis, que segundo um grupo de cientistas, os níveis são superiores ao de algumas frutas e vegetais. Os Antioxidantes tem enormes benefícios para a saúde, pois ajudam a combater as moléculas nocivas que danificam as células.

Os pesquisadores Universidade de Scranton, na Pensilvânia descobriram que uma porção de pipoca tem até 300mg de antioxidantes – quase o dobro do 160mg para certas frutas com a mesma porção. Não é à toa que os cientistas chamam a pipoca de “pequenas pepitas de ouro”, devido ao seu grande valor nutricional.

A pipoca ainda possui um espécie de “amido resistente”, que passa praticamente intacto (ou quase) pelo aparelho digestivo e assim não provoca altas repentinas nos níveis de glicose. Com isso, ajuda a promover um controle glicêmico, prevenindo a hiperglicemia, além de ajudar a não deixar que as gordurinhas se acumulem.

Rica em fibras e com baixas calorias e gordura

Apesar disso, a pipoca não deve substituir as frutas, legumes e vegetais, já que ela não possui outras vitaminas e minerais presentes nesses outros alimentos. Mas como um belo lanche no fim da tarde, pode sim ser consumido, lembrando-se, que para isso, não se deve usar margarina, nem óleo e nem sal também deve ser usado com moderação, pois do contrário, seus efeitos negativos serão maiores que os benefícios.

Por ser boa fonte de fibras, a pipoca ajuda a manter a fome controlada e como enche os estômago, nos deixa saciados por mais tempo. Uma xícara de chá de pipoca crua fornece cerca de 9 gramas de fibras e apenas 31 calorias. Além de ter poucas calorias e gorduras, a pipoca também é livre de açúcar e sódio, a menos você os adicione.

As fibras ajudam o organismo na digestão adequada e varre as impurezas para fora do cólon, ajudando no alívio da constipação, prevenção de doenças cardiovasculares e colesterol alto. Além de fibras e polifenóis, uma xícara de pipoca ainda fornece 1,04 g de proteína, 12 mg de magnésio, 29 mg de fósforo, 26 mg de potássio e 16 UI de vitamina A, além de ser fonte também de ácido fólico.

Parece ótimo, né? Contanto que você não adicione manteiga ou sal, esses nutrientes fazem da pipoca, um lanche alimentar ideal. Mas se você acha que é necessário dar mais sabor à pipoca, experimente adicionar especiarias como orégano, salsinha desidratada, pimenta, canela, ou até mesmo temperos estilos Sazon entre outros.

A pipoca cai muito bem como lanche em uma dieta de baixas calorias, à base de proteínas magras, frutas frescas e legumes. Mas lembre-se que se for comprar pipoca de microondas, consuma de preferência os light e livres de gorduras trans e sem sódio, que costumam ter menos de 400 calorias.

A pipoca do cinema, infelizmente não é das mais saudáveis, pois um pacote grande de cerca de 170 gramas pode ter cerca de 850 calorias, se for feita no óleo comum. Se fizermos em casa, 150 gramas de pipoca pronta tem cerca de 230 calorias, caso seja feito sem gordura.

Veja essa reportagem sobre a pipoca

Observações sobre a pipoca

A pipoca contem muitas fibras, portanto caso não esteja acostumado, é recomendável que adicione as fibras gradualmente à dieta, pois assim, dará a seu sistema digestivo uma possibilidade de ajustar-se aumento da quantidade de fibra. Alie a dieta com à ingestão de bastante água, caso contrário, poderá levar à distensão abdominal, cólicas abdominais e gases intestinais.

As fibra absorvem água para facilitar a eliminação dos resíduos do organismo, ajudando a melhorar sua saúde digestiva e auxiliando na perda de peso. Evitar também o excesso de pipoca, já que o milho tem uma substância que bloqueia a absorção de vitamina B e o deficit dela pode resultar males como depressão, erupções cutâneas, perda de memória, anemia e baixos níveis de energia.

Como vimos, a pipoca é uma ótima alternativa para substituir lanches calóricos. Mas não esqueça, nada de óleo, margarina e sal no seu preparo, e muito menos refrigerantes para acompanhá-lo. Substitua esses acompanhamentos por chás de sua preferência com adoçantes ou sucos naturais.

Receita de pipoca light para fazer em casa

Ingredientes:
* 1 punhado de grãos de pipoca comum
* 1 colher de sopa de água para cada punhado que você colocar de grãos de milho.

Modo de preparo:
Coloque o punhado de grãos de milho de pipoca em um refratário fundo e acrescente 1 colher de sopa de água (para cada punhado). Coloque no microondas e tampe com a tampa própria do microondas para evitar que as pipocas voem do refratário. Ligue o microondas em potência máxima por mais ou menos 5 minutos (o tempo pode ser diferente de acordo com a marca do microondas). Tempere com sal a gosto. Prontinho, um bom lanche, com cerca de 170 calorias. Bom apetite.

Compartilhe este artigo:Share on Facebook81Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *