Se pesar não é a única forma de medir sua saúde!

balança

Ser magro, não significa ser saudável

Nos dias de hoje, as pessoas estão obcecadas em relação ao peso, afinal, a maioria acha que somente um corpo magro pode ser saudável. E lá vamos nós, pesamos todos os dias, na esperança de que os ponteiros da balança despenque e desta forma possamos esbanjar saúde. Porém, não é bem assim que as coisas que funcionam…

É claro que o peso sob controle, pode ajudar na manutenção da saúde e impedir que muitas doenças apareçam, mas não podemos somente nos basear no que a balança nos mostra. Existem outras formas de como medir nossa saúde além do peso e elas não devem ser ignoradas, como a nossa taxa de gordura, nossa densidade óssea, gordura visceral entre outros.

Uma pessoa pode estar dentro do seu peso e mesmo assim ter uma taxa alta de gordura, que a deixará a mercê de doenças de risco como doenças cardiovasculares, hipertensão, colesterol alto entre outras. E se basear somente no peso é um erro, já que uma pessoa pode ter um leve excesso de peso, mas pouca gordura corporal e uma maior massa magra, o que é bom no ponto de vista da saúde.

Enfim, é um conjunto de fatores determinarão o quão saudável você esteja. Dá uma olhada em que mais devemos saber do nosso corpo, além do peso para garantir um corpo saudável.

Taxa Metabólica Basal (TMB):

Calcular sua taxa metabólica basal, ajuda a saber o número de calorias que seu corpo queima por dia. Conforme envelhecemos, muitas vezes diminuímos o esforço físico e consequentemente queimamos menos calorias. Quando a TMB é baixa, propicia o aumento do peso.

Porém seu metabolismo basal também depende da quantidade de músculos que você tem. Portanto, se você tiver um aumento da sua massa muscular, consequentemente aumentará o seu metabolismo basal e com isso, seu corpo gastará mais calorias, mesmo estando em repouso. Mas se a TMB estiver baixa, mais fácil será estocar gordura em nosso corpo e mais dificuldade teremos em emagrecer.

Como calcular o TMB:
A maneira básica de cálculo TMB é uma equação padrão usando peso e idade. Além disso, se o seu objetivo é perder peso, queimar gordura corporal em excesso, uma alternativa seria reduzir pelo menos 500 calorias a menos por dia do que suas necessidades calóricas diárias e manter ou aumentar sua atividade física. Para saber qual sua taxa metabólica basal, acesse esse link.

Percentual de gordura corporal:

Esta é a quantidade de gordura corporal como uma proporção do seu peso corporal. Redução dos níveis de excesso de gordura corporal tem demonstrado reduzir o risco de certas condições, tais como pressão alta, doenças cardíacas, diabetes e câncer.

Calcular o percentual de gordura corporal: A maneira de conhecer o seu percentual de gordura corporal é através de uma calculadora, considerando sua idade e sexo. Calcule o percentual de gordura nesse link.

Percentagem de água corporal total:

Isto indica a quantidade total de líquido no corpo de uma pessoa em relação a percentagem do seu peso total. A água desempenha um papel vital em muitos dos processos do corpo e é importante manter uma percentagem de água total do corpo para que os órgãos possam executar de forma saudável suas funções. Um corpo desidratado também propicia o aumento do peso pois ajuda a desacelerar o metabolismo.

Calcular a percentagem de água corpórea:
A quantidade de água corpórea é variável de adulto para adulto, mas estima-se que seja em torno de 45-60% para o sexo feminino e de 50 a 65% para os homens. A percentagem de água corporal total tenderá a diminuir à medida que aumenta o percentual de gordura corporal. Uma pessoa com um alto percentual de gordura corporal pode ser inferior à percentagem média de água do corpo e vice-versa.

Gordura visceral

Esta fornece informações sobre a quantidade de gordura visceral em seu corpo. A gordura visceral é a gordura que está na cavidade abdominal interna, envolvendo os órgãos vitais na região abdominal. Especialistas dizem que, mesmo se o seu peso e gordura corporal se mantém equilibrados, à medida que envelhecemos a distribuição da gordura se focaliza na área abdominal, especialmente após a menopausa.

A gordura visceral é responsável por uma série de doenças de riscos, como doenças cardíacas, pressão arterial elevada e o aparecimento da diabetes tipo 2. Nota: Mesmo se você tiver uma taxa baixa de gordura no corpo, você pode ter um nível alto de gordura visceral.

Massa mineral óssea

Esta característica indica a quantidade no nível mineral, cálcio e outros minerais nos ossos no organismo. Mesmo que a estrutura óssea não apresente mudanças visíveis, é importante você sempre se certificar em como vai a saúde interna deles, além de manter uma dieta equilibrada e muito exercício físico.

As mulheres, especialmente após a menopausa são as principais pessoas a desenvolver osteoporose ou baixa densidade óssea, embora hoje em dia seja possível encontrar pessoas cada vez mais jovens a enfrentar esses problemas.

Abaixo está o resultado estimado de pessoas entre 20 e 40:

Mulheres Abaixo de 50 kg: ->1,95 kg De 50 a 70 kg: -> 2,40 kg Acima de 75 kg: -> 2,95 kg
Homens Abaixo de 65 kg: -> 2,66 kg De 65 a 95 kg: -> 3,29 kg Acima de 95 kg: -> 3,69 kg

Massa corporal magra (MCM) x % de gordura corporal:

Ao contrário do IMC, a massa corporal magra (MCM) e percentual de gordura corporal diz quantos quilos de tecido magro e de gordura seu corpo possui. Massa corporal magra é simplesmente uma estimativa de quanto você pesa, sem a gordura corporal, ossos e órgãos.

Basicamente serve para saber o quanto de músculo que você está ganhando ou perdendo e é importante saber caso seu objetivo é perder gordura e ganhar massa muscular.

Outras formas de avaliar sua condição física e de saúde

Nosso corpo muitas vezes nos diz que algo está errado e que devemos dar uma atenção à ele, mas nem sempre o escutamos. O simples fato de sentir falta de ar ao subir alguns lances de escada, independente de estar gordo ou magro, nos mostra que nossa saúde não está 100%.

Se você está sempre de mau humor, aborrecido ou desanimado, sem motivo aparente, também pode indicar que a sua saúde pode estar sendo afetada. Devemos nos ater a uma série de fatores, e não somente à balança, lembrando que nem sempre magreza é sinônimo de saúde, assim como nem sempre um leve excesso de peso significa que não está saudável.

O importante é se cuidar no geral e manter sempre nosso humor e autoestima lá em cima, pois eles são fundamentais para não nos deixar abater diante das dificuldades. Boa dieta para todos!

Compartilhe este artigo:Share on Facebook
Facebook
33Share on Google+
Google+
0Email this to someone
email
Tweet about this on Twitter
Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

3 Comentários

  1. Pingback: Alimentos que combatem o câncer | Emagrecer Urgente

  2. Pingback: Por que devemos mastigar bem os alimentos? | Emagrecer Urgente

  3. Pingback: Dieta da Sopa Termogênica para Emagrecer | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *