Sibutramina, remédio para emagrecer

Sibutramina, remédio emagrecedor

Sibutramina é recomendável para emagrecer?

A Sibutramina ajuda a controlar o apetite para ajudar na perda de peso de pessoas obesas. Este medicamento que atua como moderador de apetite só é vendido sob prescrição médica. Sua função é inibir a recaptação de serotonina, norepinefrina e dopamina no cérebro, reduzindo o apetite e aumentando a saciedade.

A Sibutramina é encontrada no Brasil sob o nome de remédios como Reductil, Meridia® ou Sibutrex® e pode ser recomendada pelos médicos quando o paciente tem extrema dificuldade para emagrecer. É muito eficaz especialmente quando associada a uma dieta de baixas calorias e exercícios físicos regulares.

Além da perda de peso, o cloridrato de sibutramina ajuda na redução nos níveis sanguíneos dos triglicerídeos e do LDL (colesterol ruim). Mas só deve ser prescrito se o médico realmente achar necessário pois este remédio possui riscos de efeitos colaterais potencialmente graves e requer a supervisão constante de um médico.

Dosagem de Sibutramina

A Sibutramina é um remédio controlado e geralmente só é receitado para pessoas que precisam perder muitos quilos (acima de 10 kg). Quanto à dosagem, pode variar de pessoa para pessoa, mas geralmente é entre 10mg e 15mg por dia para adultos. Se o paciente não perder uma média de 4 quilos durante as 4 primeiras semanas, então converse com o médico para uma eventual mudança na dosagem. Jamais tome o remédio ou aumente sua dose sem prescrição médica.

Efeitos colaterais da Sibutramina

A Sibutramina não deve ser usada por crianças, adolescentes, gestantes ou lactantes. Pessoas com as seguintes doenças também não devem usar o medicamento: Depressão grave, doença das válvulas cardíacas, anorexia, bulimia, hipertensão pulmonar, glaucoma de ângulo fechado e doença hepática grave.

A Sibutramina é um remédio que pode ajudar sim na perda de peso, porém é um remédio perigoso se não for tomado corretamente, especialmente se o paciente tenha alguma doença como com as descritas acima. Também não deve ser tomado em conjunto com vários tipos de medicamentos. Desta forma, é importante relatar ao médico sobre todos os medicamentos que usa, mesmo sendo naturais.

Efeitos colaterais da Sibutramina

A Sibutramina pode causar efeitos colaterais que variam de leve a grave. Os efeitos colaterais mais graves são raros, mas potencialmente fatais. Efeitos colaterais comuns incluem tontura, distúrbios do sono, constipação, náuseas, azia, dor de cabeça, dores musculares, sintomas de gripe e boca seca.

Avise seu médico imediatamente se sentir um batimento cardíaco acelerado, extrema inquietação ou agitação, movimentos anormais, falta de ar, reações alérgicas ou confusão mental. Também deve avisar seu médico caso tenha histórico de hipertensão arterial, batimentos cardíacos irregulares, acidente vascular cerebral, doença cardíaca, anorexia, bulimia, ou qualquer outra doença grave.

Sibutramina-Meridia-Reductil-Sibutrex

Considerações sobre Sibutramina

Em 2011, a agência impôs regras mais rigorosas para o comércio, mas no dia 27 de maio de 2013, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) resolveu manter o comércio de medicamentos emagrecedores a base de sibutramina no Brasil, depois de um ano estudos sobre os riscos do medicamento para a saúde humana.

Apesar da venda ser permitida, algumas regras mais rigorosas foram impostas. Uma delas é a validade da receita médica, que passou de 60 dias para 30 dias. A medida foi adotada principalmente depois que os estudos comprovaram o aumento no risco de doenças cardiovasculares entre os consumidores do emagrecedor.

A decisão será válida por pelo menos dois anos, quando um novo relatório deverá ser divulgado pela Anvisa apontando a manutenção ou proibição da venda do produto. Ou seja, por enquanto sua venda é permitida, embora com restrições. No entanto, em muitos países, incluindo os da União Europeia, a venda de Sibutramina continua sendo proibida devido aos efeitos colaterais negativos que ela produz.

Antes de mais nada, converse com seu médico

Uma conversa franca com o seu médico é o primeiro passo para saber se a utilização desse medicamento é válido ou não. Caso não seja, não desanime, pois existem muitas outras maneiras de se conseguir perder peso. Em circunstância nenhuma, tome qualquer tipo de remédio sem conversar com o médico antes.

Caso já tenha feito uso de Sibutramina para emagrecer, nos conte como foi, se realmente deu resultados ou se sentiu algum efeito colateral. Sua experiência pode ajudar a esclarecer as dúvidas de muitas pessoas sobre a Sibutramina. 🙂

Compartilhe este artigo:Share on Facebook26Share on Google+0Email this to someoneTweet about this on Twitter

Quer receber dicas gratuitas de saúde e para emagrecer diretamente no seu email? Basta se inscrever abaixo!

1 Comentário

  1. Pingback: Remédios para Emagrecer Voltam a Ser Liberados Voltarão à Venda | Emagrecer Urgente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *